A QUE VEIO ESTE BLOG?
VEIO PARA DIVULGAR PROJETOS NOS MAIS VARIADOS CONTEÚDOS, TEMAS, FORMAS, NECESSIDADES E AFINS, CLARO!
SINTA-SE A VONTADE PARA USUFRUIR DE TUDO QUE FOR ÚTIL PARA SUA AULA.
DIVULGUE, PARTICIPE, COMENTE!
04 DE JULHO DE 2011
Um blog aliado às pesquisas de professores, pois existem muitas possibilidades lúdicas pela net,
além de inúmeros endereços pedagógicos incríveis.
Aqui vocês terão as postagens originais, ou partes delas,
adicionados às demais informações necessárias, com os devidos créditos atribuídos.
Amiga blogueira, se desejar divulgar seus projetos, entre em contato.

PROJETO DIDÁTICO

PROJETO DIDÁTICO: Reunião de atividades que se articulam para a elaboração de um produto final forte, em que podem ser observados os processos de aprendizagem e os conteúdos aprendidos pelos alunos. Costuma partir de um desafio ou situação-problema. Trabalhados com uma frequência diária ou semanal, podem estender-se por períodos relativamente prolongados (um ou dois meses, por exemplo), tornando os alunos especialistas num determinado tema.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Projeto Autobiografia/Eva Furnari

Objetivo
O objetivo deste projeto é desenvolver habilidades de leitura e escrita sobre o gênero textual selecionado e suas especificidades.
Criar um espaço de reflexão sobre as características da linguagem escrita e promover situações de leitura e escrita de biografias e autobiografias.
- Trabalhar com um destinatário real para a produção escrita.
Conteúdos
- Produção de texto.
- Características específicas das biografias.
- Procedimentos de revisão.Tempo estimado : De dois a três meses
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno:
Habilidades básicas de leitura e escrita.
Material necessário :
Livros de biografias e autobiografias, papéis, canetas, lápis e cartolina.
Estratégias e recursos da aula
Etapa 1:
A primeira atividade a ser desenvolvida com os alunos é o Jogo rápido, uma seção que geralmente aparece em revistas para jovens e que tem o objetivo de fazer um pequeno levantamento da vida de alguém famoso sobre suas preferências, gostos, bem como alguns aspectos de sua vida pessoal e profissional. Para tanto, eles lerão primeiramente um exemplar desse texto para depois, em duplas, desenvolverem um “Jogo rápido” com um colega.
1) Reproduzir o texto para os alunos. Pedir aos alunos que sentem em duplas para realizarem a leitura. Cada dupla lerá silenciosamente o texto. As duplas já ficam separadas para a próxima atividade.
A) Em geral, em revistas e jornais, quando lemos entrevistas com artistas, escritores ou pessoas famosas, muitas vezes nos deparamos com uma seção denominada “Jogo rápido”, em que o entrevistado aponta, em poucas palavras, alguns aspectos de sua vida pessoal. Veja o “Jogo rápido” feito com o ator Thiago Rodrigues:


Atividades a serem desenvolvidas oralmente após a leitura do “Jogo rápido”:
a) Explique por que essas perguntas permitem conhecer melhor o ator.
b) Que outras perguntas você faria para conhecer melhor o início da vida do ator?
B) Agora, em dupla, fazer um “Jogo rápido” com seu colega de classe. Escrever em uma folha à parte as características e preferências do(a) seu(a) amigo(a).
Manter os títulos amizade, livro, viagem, música, mania, autorretrato. Retirar títulos como Fãs, Televisão, já que esses não fazem parte do seu universo. Acrescentar profissão (que pensa em seguir) aos dados, bem como relação com a família, escola, data e local de nascimento, apelidos.
Essa atividade é importante para que os alunos comecem a pensar sobre si próprios, não só nos aspectos mais formais, como nome, escola, data de nascimento, mas também sobre seus gostos, preferências, objetivos de vida, sonhos, etc. Após essa atividade, guardar esses dados que serão usados mais a frente.
Ao final dessa atividade, pedir para 3 alunos lerem seu jogo rápido em voz alta.
Etapa 2
Leia a biografia abaixoEVA FURNARI - Uma das principais figuras da literatura para crianças. Eva Furnari nasceu em Roma (Itália) em 1948 e chegou ao Brasil em 1950, radicando-se em São Paulo. Desde muito jovem, sua atração eram os livros de estampas e não causa estranhamento algum imaginá-la envolvida com cores, lápis e pincéis, desenhando mundos e personagens para habitá-los...
Suas habilidades criativas encaminharam-na, primeiramente, ao universo das Artes Plásticas expondo, em 1971, desenhos e pinturas na Associação dos Amigos do Museu de Arte Moderna, em uma mostra individual. Paralelamente, cursou a Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, formando-se no ano de 1976. No entanto, erguer prédios tornou-se pouco atraente quando encontrou a experiência das narrativas visuais.
Iniciou sua carreira como autora e ilustradora, publicando histórias sem texto verbal, isto é, contadas apenas por imagens. Seu primeiro livro foi lançado pela Ática, em 1980, Cabra-cega, inaugurando a coleção Peixe Vivo, premiada pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil -FNLIJ.
Ao longo de sua carreira, Eva Furnari recebeu muitos prêmios, entre eles contam o Jabuti de "Melhor Ilustração" —Trucks (Ática, 1991), A bruxa Zelda e os 80 docínhos (1986) e Anjinho (1998) -setes láureas concedidas pela FNLIJ e o Prêmio APCA pelo conjunto de sua obra.
http: llcaracal. imaginaria, cam/autografas/evafurnari/index. html
1 – Pode se afirmar que Eva Furnari é:
A) amiga da bruxa Zelda
B) a dona do museu de Artes Plásticas
C) autora e ilustradora de diversos livros infantis
D) proprietária da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP


2 – Este texto trata-se de uma:
A) notícia
B) biografia
C) bibliografia
D) carta


3 – Ele foi retirado:
A) do Jornal APCA
B) da Fundação Nacional do Livro Infantil
C) da internet
D) do dicionário


4 – O assunto principal do texto é sobre:
A) a vida de Eva Furnari
B) os prêmios que Eva recebeu
C) seu primeiro lançamento
D) sua data de nascimento


5 – A finalidade do texto é
A) apresentar dados sobre vendas de livros
B) divulgar os livros de uma autora
C) informar sobre a vida de uma autora
D) instruir sobre o manuseio de livros


6 – Uma das principais figuras da literatura para crianças. A palavra Uma nesta frase está com letra maiúscula porque:
A) é um substantivo derivado
B) inicia uma frase
C) termina uma frase
D) é um substantivo próprio


7 – No entanto erguer prédios tornou-se pouco atraente quando encontrou a experiência das narrativas visuais. Infere-se desta frase que Eva Furnari:
A) tinha horror em ser arquiteta
B) gostava tanto da literatura que preferiu abandonar a carreira de arquiteta
C) jamais publicaria livros
D) não gostou dos prêmios que recebeu como arquiteta


Etapa 3


a) A proposta é que os alunos façam um “livro” sobre sua própria vida. Essa atividade pode ser feita:
- numa folha a parte, escrito a mão, de forma que o professor vá juntando as produções para a elaboração final do livro. Nesse caso, pode-se escrever na folha A4, sobrada ao meio, em formato de “livro”.
Antes da primeira produção, o professor deverá dizer aos alunos que eles produzirão um livreto sobre a própria vida, ou seja, uma grande autobiografia. O objetivo é que eles registrem a própria trajetória, perpetuando suas histórias. As produções serão divididas em etapas:
- de 0 a 2 anos
- de 3 a 5 anos
- de 6 a 8 anos
- de 9 a 11 anos
- atualmente (como essa atividade é destinada a alunos de 11 ou 12 anos, essa etapa deve relatar o período de 1 a 2 anos)
1ª produção: para fazer a primeira produção, pedir aos alunos que, antes da produção, perguntem aos pais como foi a sua vida de 0 a 2 anos.


Assuntos que podem ser sugeridos nessa etapa:


- A gravidez foi normal?
 Como foi o parto?
Nasceu em qual maternidade?
Onde nasceu?
Quando, Por que seus pais escolheram esse nome?
Quem são seus pais?
 Quando nasceu o primeiro dente?
Como era seu comportamento nessa fase? Teve doenças?
Quem cuidou de você?
 Quando começou engatinhar e a andar?
O que mais aconteceu de relevante nessa fase?
Lembre-se: o texto deve ser todo escrito em primeira pessoa. As respostas a essas perguntas é que vão compor o texto.
Peça aos alunos que escrevam o texto de acordo com a ordem dos acontecimentos.
Alguns alunos, criativamente, começam com “Eu estava na barriga da minha mãe....” Após a escrita, o professor recolhe, corrige, pede aos alunos que reescrevam e guarda as produções definitivas.
Antes da segunda produção, já perguntar aos pais o que foi mais relevante nessa fase seguinte: de 3 a 5 anos.
2ª produção: de 3 a 5 anos
Sugestões de perguntas:
Quando você entrou para a escola?
Quem cuidava de você nessa etapa?
Você já tinha coleguinhas?
 Com quem você brincava?
 Como era seu comportamento nessa etapa da vida?
 O que você gostava de comer? (professor, pedir aos alunos que sugiram perguntas que julgarem relevantes).
Após a escrita, o professor recolhe, corrige, pede aos alunos que reescrevam e guarda as produções definitivas.
Antes da segunda produção, já perguntar aos pais o que foi mais relevante nessa fase seguinte: de 6 a 8 anos.
3ª produção: de 6 a 8 anos
Sugestões de perguntas:
Que fato relevante aconteceu nessa fase?
Você gostava de brincar de quê?
Como era seu comportamento nessa etapa da vida?
 Quando você aprendeu a ler?
Você mudou de escola?
Que doenças você teve nessa etapa?
 Como era seu comportamento nessa fase da vida?
(professor, pedir aos alunos que sugiram perguntas que julgarem relevantes).
Após a escrita, o professor recolhe, corrige, pede aos alunos que reescrevam e guarda as produções definitivas.
Antes da segunda produção, já perguntar aos pais o que foi mais relevante nessa fase seguinte: de 9 a 11 anos.
4ª produção: de 9 a 11 anos
Sugestões de perguntas:
 Você começou a praticar esportes, tocar algum instrumento musical, ou fazer alguma atividade fora da Escola?
Qual?
Que fato relevante aconteceu nessa fase?
Que atividades, além da escola, você tinha? Gostava de estudar?
 O que era mais interessante na escola nessa fase?
Como era seu comportamento nessa etapa da vida?
Conviveu com algum parente que tenha marcado sua vida?
Quem? Por quê?
O que mais te agradou nessa fase da vida?
Após a escrita, o professor recolhe, corrige, pede aos alunos que reescrevam e guarda as produções definitivas.
5ª produção:
- atualmente (como essa atividade é destinada a alunos de 11 ou 12 anos, essa etapa deve relatar o período atual)
Sugestões de perguntas: e hoje, o que mais você gosta de fazer?
Como está seu desenvolvimento no colégio?
Quem são seus amigos?
Que atividades você mais realiza no dia a dia?
O que você pretende ser no futuro?
Além disso, nessa etapa, será necessário usar os dados do “Jogo rápido”, feito no início do projeto: quais são seus desejos, o que pensa sobre a sua vida hoje?
O que pensa em realizar no futuro? Como é seu dia a dia?
ETAPA 4:
Após a escrita e reescrita de todas as etapas, o professor deverá devolver a cada aluno as suas produções (se escritas a mão) ou imprimir (se feitas no computador).
Deverá, em uma aula, haver produção da capa com título, autor, data; organização das páginas e das fotos, escrita da dedicatória, etc.
Avaliação:
A avaliação deverá ser feita durante o processo.
O professor deverá verificar se os alunos participaram de todas as atividades e se as desempenharam bem.
Além disso, o professor deverá verificar, principalmente, questões relativas à escrita da autobiografia, a saber:
- texto escrito em 1ª pessoa;
- dados completos como nome, nome dos pais, datas definidas, etc.
- uso de conectores de tempo, como: quando, em 1995, depois, naquela época, etc;
- organização física do livro: capa, dedicatória, conteúdo, etc.


http://proaiseartedeeducar.blogspot.com.br/2012/07/projeto-autobiografia.html

OBS: Peço desculpas pela forma irregular da postagem.
Considerei importante a sugestão do projeto e não sua formatação original.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um tema para projetos publicar!